A origem do município de Extrema é relativamente antiga, pois se prende a 29 de novembro de 1764, quando o General Luiz Diogo da Silva, governador de Minas Gerais, ao visitar o arraial de Camanducaia e, de volta, tendo passado pelo Registro de Mandú (atual Pouso Alegre), resolveu que esse “Registro” ficaria melhor colocado à margem do rio Jaguarí, para onde o transferiu pelo assento de 29 de novembro de 1764. Deste, originou-se o fato de ser Extrema primitivamente conhecida pelo nome de “Registro”. Esse cunho oficial entretanto não deu impulso decisivo ao povoado, o qual somente no fim do século 18 começou lentamente a incrementar-se, corporificando-se a idéia da ereção de uma capela nos primeiros anos do século 19, ainda na vigência da era colonial.

Distância*

350 Km

Tempo de Viagem*

5h

Altitude

973 m

http://goo.gl/maps/b59bV